Tudo o que você precisa saber sobre essa strain lendária!

Muitas pessoas já ouviram falar nas diferenças entre os efeitos da cannabis indica e sativa, entretanto com a hibridização das espécies de maconha, esses conceitos estão cada vez mais ultrapassados. Hoje em dia, os fatores mais importantes para definir se a brisa vai ser mais relaxante ou empolgante, são os métodos de cultivo e secagem e da strain, além de claro, de como você está se sentindo.

Conhecer as strain, ou cepas, da maconha é muito importante para um aproveitamento completo das propriedades da cannabis. Isso porque cada genética tem efeitos recreativos e medicinais diferentes, então saber a strain certa para o tipo de brisa e efeito que você está buscando é essencial.

No Brasil, por conta da política de drogas, é mais comum que a gente encontre a maconha  prensada do Paraguai, mas isso não quer dizer que seja impossível fumar uma strain boa no país. Já falamos de muitas variedades de cannabis, inclusive as strains mais famosas do Brasil e neste texto vamos falar de uma genética lendária,a Afghani.

Vem com a gente conhecer as características da afghan! Vai que você esbarre essa strain por aí ou comece seu autocultivo por ela.

Origem da Afghani

afghani strain
Foto: Sensi Seeds

Nativa das montanhas do Afeganistão, a Afghani strain, também conhecida como Afghan Skunk é 100% Indica que ganhou diversos prêmios em razão de sua potência (15-25% THC) e de sua genética extremamente estável.

Aperfeiçoada geneticamente durante séculos através principalmente da seleção natural, a Afghani é uma das genéticas mais clássicas da história da maconha, provavelmente tendo sido trazida para o hemisfério oeste antes da década de 60, quando a Cannabis foi proibida no Afeganistão pela pressão do governo americano. 

As genéticas desse país são conhecidas como Landraces, que assim como outras genéticas são base para a criação de strains. O Afghan deu origem ao famoso Kush é disponibilizada pela White Label Seeds.Por causa da sua genética tão forte, a ela também deu origem às strains premiadas como a Northern Lights e a Blueberry.

Esta variedade de Cannabis não precisou de muito melhoramento genético por parte dos humanos – séculos de desenvolvimento na natureza transformaram a Afghani num cultivar já quase perfeito, que precisou de pouco esforço por parte dos growers para se atingir o nível que está atualmente. Por causa disso, a genética é conhecida por ser extremamente estável, produzindo na maioria das vezes plantas muito vistosas e saudáveis. 

As flores da Afghani, depois de curadas, adquirem uma coloração verde clara misturada com pistilos alaranjados – tudo isto coberto com uma enorme quantidade de tricomas. Os buds da planta são extremamente pegajosos e grudentos devido à enorme quantidade de tricomas que produz. Por isso, é uma ótima genética para produzir Haxixe.

A Afghani tem um odor muito forte, com notas que lembram combustível (como a Sour Diesel) misturado com o azedo de toques cítricos. Quando quebrados, os buds liberam um cheiro terroso, isso porque o seu terpeno dominante é o mirceno. 

Efeitos

Os efeitos da Afghani são sentidos predominantemente no corpo, causando um intenso relaxamento físico que aos poucos se transformam em uma onda cerebral, te deixando extremamente tranquilo e de cabeça leve.

Ajudando a limpar a mente e extinguir pensamentos negativos, esta strain te levará para um estado mental de clareza e pode ajudar muitos usuários a terem ondas introspectivas que podem ajudar no crescimento pessoal.

Efeitos Afghani

Uma das Indicas mais puras do mercado de Cannabis atual, a Afghani não é uma strain para ser consumida em qualquer hora ou lugar. Quando for consumi-la, tenha em mente que você provavelmente ficará preso no sofá chapado por horas. A única hora que você irá criar energias para se mover será quando bater aquela larica monstra e você sair para limpar tudo que achar na sua cozinha, então lembre-se, esta é uma strain para ser consumida no período da noite.

De barriga cheia e a mente carregada de pensamentos positivos, a Afghani te fará ter uma excelente noite de sono e acordar se sentindo completamente recuperado no dia seguinte.

Medicinal

A Afghani possui benefícios físicos e mentais para os pacientes medicinais, mas sempre tenha uma coisa em mente – Não faça muitos planos se for usar esta strain, apenas relaxe após consumi-la e a deixe fazer sua mágica.

Os benefícios medicinais desta variedade de Cannabis vêm principalmente dos seus poderes sedativos herdados da sua linhagem puramente Indica. O intenso relaxamento mental e físico causado pela strain é ideal para tratar de condições como estresse, dores crônicas, insônia e falta de apetite.

Usos medicinais Afghani

No que se trata de problemas psíquicos, a strain é muito recomendada para casos de ansiedade ou transtorno de estresse pós-traumático, tendo em vista que durante toda a duração dos seus efeitos sua mente será bombardeada com pensamentos positivos e relaxantes. Lembre-se de sempre se atentar à dosagem quando tratando de distúrbios mentais com Cannabis – altas doses de THC podem agravar episódios de ansiedade e paranoia. Conheça seus limites!

Como cultivar a Afghani

A Afghani é uma variedade fantástica para growers iniciantes e veteranos, devido à sua genética estável que sempre produz plantas uniformes e muito carregadas de tricomas. Growers iniciantes não terão muitas dificuldades em ter boas colheitas com esta genética, pois ela não exige nenhuma técnica sofisticada de cultivo, além de aguentar uma variação de temperatura considerável. 

afghani strain bud
Foto: Weedmaps

Já os growers veteranos conseguirão extrair o máximo dela fazendo colheitas espetaculares. Para aproveitar o máximo do potencial de rendimento da planta o ideal é optar por um método de cultivo hidropônico.

Outra técnica de cultivo para  Afghan Kush é o SOG (abreviação em inglês para Sea of Green, Mar de verde em português). A técnica consiste em cultivar muitas plantas menores ao invés de poucas maiores. 

O SOG tem três vantagens principais: a economia de espaço, a economia de energia para a parte mais importante da planta, os buds e também aumenta a change da planta ser feminina, ou seja, o gênero que produz as flores de cannabis recheadas de THC.

  • Tempo de Floração: 5-7 semanas. É uma strain que floresce rápido.
  • Rendimento: Alto. Indoor 500 gr/m² e outdoor 600-800 gr por cada planta.
  • Dificuldade de grow: Fácil a moderado.
  • Clima preferido: Prefere climas amenos, mas ainda se adapta bem em temperaturas mais quentes, mas sempre entre 18-27ºC. Lembre-se de ficar atento à umidade e mofo.
  • Fertilização: Fertilize bem suas plantas para explorar ao máximo o potencial desta Indica. Não se esqueça de fornecer todos os micronutrientes para que as plantas se mantenham saudáveis e livre de pestes e mofo. Essa strain também precisa de um alto teor de nitrogênio. A falta de alimentos pode acarretar em uma planta fraca e suscetível a doenças. 
  • Dicas: Quando for plantar a Afghani indoor, fique muito atento com a umidade e mofo! Como as plantas produzem muita resina, o ambiente pode ficar muito úmido o que propicia a propagação de mofos e fungos.

Conclusão

Conhecer a strain é indispensável para conseguir aproveitar todos os seus usos medicinais e recreativos e também para fazer um bom cultivo.  A Afghan é uma strain muito potente que pode trazer diversos benefícios físicos e mentais, além de carregar características como sabor e odor marcantes do skunk

A Afghan, assim como todas as landraces, é uma strain muito potente e faz parte da história da cannabis e produz um haxixe delicioso.Todas essas características e efeitos tornam a Afghan uma strain super especial!

E você já provou a Afghan Kush? Está entre as suas favoritas?

jQuery('#cb-section-b .cb-module-e').after('');